sábado, 25 de maio de 2013

Corretivo, um aliado na hora da maquiagem!!!

Oi pessoal,
Hoje vamos falar de corretivos para olheiras e imperfeições ... Vamos conferir! ;-)

Em qualquer idade, as mulheres podem ser confrontadas com imperfeições cutâneas ou com uma pele temporariamente sensibilizada. As formas como se manifestam estas imperfeições são múltiplas: desde a mais pequena imperfeição, a cicatrizes de acne ou as ‘malditas’ olheiras.
O stress do dia-a-dia, a carência de horas de sono e a alimentação são alguns dos muitos factores que contribuem para o aparecimento de manchas escuras debaixo dos olhos e que  podem ser um verdadeiro pesadelo na vida de algumas mulheres.
No entanto, com maquilhagem é possível disfarçar esta zona, e o corrector de imperfeições pode transformar-se num grande aliado.
E, porquê usar corrector de olheiras? Porque dá ao nosso olhar um aspecto descansado e saudável. Não adianta ter um batom lindo nos lábios,  umas sombras lindas se os nossos olhos ‘gritam por socorro’ ou  se a nossa  pele está  baça na área do contorno dos olhos.
 


 
Então, para que servem realmente os corretivos? Os correctores têm como função a correcção das mais variadas imperfeições:
- Ocultar a pele com tom avermelhado;
- Disfarçar olheiras, manchas e cicatrizes;
- Aclarar e dar brilho à pele desgastada;
- Disfarçar contornos de lábios com imperfeições
Existem vários tipos de corretivos, em pó, em stick ou líquidos, escolha aquele que mais se adequa ao seu tipo de pele e consoante a finalidade da correcção!

Líquido: É o mais indicado para todos tipos de pele e em especial para a região dos olhos, visto que tem uma fórmula fluida. O seu efeito é mais subtil, tendo uma cobertura mais natural sobre as olheiras e cravos.
Cremoso: É a fórmula mais comum no mercado, adequada para as peles secas e mistas. Geralmente tem uma textura espessa, o que é óptimo para esconder olheiras escuras e manchas.
Lápis/Stick: A melhor opção para esconder espinhas, mas cuidado, sem exagerar na aplicação, visto que é uma fórmula seca e firme, mal aplicado pode chamar ainda mais a atenção em vez de disfarçar. Deve ser usado somente nos pontos com espinhas ou manchas pequenas. Os com ácido salicílico na formula ainda podem funcionar como secativos para o acne. Está aconselhado para todos os tipos de pele, visto que é para usar ocasionalmente.
 
Antes de qualquer correcção é fundamental  a preparação da pele, hidrate o rosto, principalmente na zona onde vai corrigir! Escolha o corrector mais adequado às suas necessidades e lembre-se sempre desta regra:  ’A  maquilhagem deve ser trabalhada  aos poucos, já que se nos “atrapalharmos” é mais fácil corrigir sem ter que remover tudo e, não se esqueça ainda de outro aspecto importante: não é a quantidade de produto que faz a diferença, mas sim a forma como aplicamos!


 

Técnicas de Aplicação

Hoje em dia os corretivos podem ser aplicados por baixo ou por cima da base. Se precisar simplesmente de corrigir algo com um corretivo de tonalidades bege, basta aplicar o corretivo por cima da base. Mas se necessitar usar corretivos de cor, deverá fazê-lo antes de colocar a base, para que depois consiga uniformizar melhor o aspecto final.
O corretivo pode ser aplicado com a ponta dos dedos, realizando pequenos toques, ou com a ajuda de um pequeno pincel para áreas que exijam mais precisão (ex: pápulas ou pústulas).


Por que razão existem outras cores de corretivos para além das tonalidades da pele?
 Segundo a teoria das cores, as cores complementares anulam-se e sendo assim, eliminamos uma imperfeição duma determinada cor aplicando um corretivo de cor oposta.
Ao utilizar um corretivo de cor, misturamos cores complementares e criamos tons neutros (cor da pele) corrigindo assim as imperfeições (anulando).

 

 

QUE COR ESCOLHER?
 
  •  Corretivos de cor bege – disfarçam pequenas pústulas e atenuam a aparência de olheiras causadas pelo cansaço. Este deverá ser escolhido no tom mais próximo possível da pele em lugar de um mais claro que irá apenas acentuar as imperfeições.
  •  Corretivos de cor verde – disfarçam a vermelhidão, exemplo: a couperose.
  •  Corretivos de cor lilás – dá um aspecto saudável e luminoso às peles marcadas pelo cansaço, macilentas e sem brilho.
  •  Corretivos de cor alaranjada – dá um brilho subtil à pele baça e é um excelente promotor de beleza, luminosidade no Inverno.
  •  Corretivos de cor vermelha – disfarçam as manchas castanhas, exemplo: olheiras profundas, bem marcadas de cor acastanhadas, sardas, manchas, etc.
  •  Corretivos brancos – dão um excelente brilho a todas as peles e são perfeitos para uma noite especial
Em conclusão, necessitamos apenas de identificar a cor da imperfeição e escolher a cor que se lhe opõe! Seguindo este raciocinio:
- Zonas de pele vermelha anulam-se com corretivo verde
- Zonas de pele azulada anulam-se com corretivo laranja ou amarelo
- Zonas de pele amarelada anulam-se  com corretivo violeta
- Zonas de pele acinzentadas anulam-se com corretivo rosa
Nota: Nem sempre é necessário recorrer a cores complementares para corrigir imperfeições. A imperfeição pode ser corrigida utilizando apenas um corretivo neutro próximo do tom de pele ou um tom abaixo. Os corretivos de cor, com excepção do bege, deverão ser muito bem disfarçados durante o dia, visto estarmos sujeitos à luz solar que deixa transparecer todo o tom usado num rosto.

Então, gostaram?!
Um beijo,
Dani

0 comentários :

Mensagem Inicial

CHEGUEI

                             Oi gente! Que legal que vamos ter mais um espaço pra trocar ideias, né? Pois a partir de hoje a gente vai...

Translate

Acerca de Mim

A minha fotografia

Danielle Martins - Mineira que vive em Portugal, esposa e mãe dos melhores, Esteticista em período sabático. Gente fina- mais gente do que fina, e menos fútil do que parece e tem o problema de ter mais bom gosto do que dinheiro. Belo Horizonte-MG / Lisboa-Portugal
 

Deixe Seu Email

Seguidores

Os Queridinhos

Parceria

Parceria
Aqui vocês vão encontram produtos de beleza, maquilhagem importada!!

Meus Videos

Loading...

Google+Seguidores